Maurício se consagra, comemorando vitória de Robinson e Dilma

Publicado em: 27/10/2014

O resultado é incontestável. As urnas de Poço Branco do último Domingo, colocam o prefeito Maurício como maior líder político local.

Seus deputados foram os mais votados.

A sua senadora teve uma votação consagradora.

Restava apenas a vitória do seu candidato a Governador e, agora no segundo turno, Maurício não só garantiu a virada de Robinson em Poço Branco, como impôs uma maioria de 793 votos. Inédita para o grupo da situação.

E como um bom líder, Maurício soube reconhecer em seu discurso o papel importante dos seus aliados. Agradeceu ao vereador Kleber, o vereador Babá, o vice-prefeito Percivaldo, a vereadora Tina e a vereadora Suélia.

Mas a vitória de Robinson tem outro significado maior, do quê a liderança de Maurício. Do lado adversário ao prefeito, estavam todos que por muito pouco não venceram a eleição de 2012 e, que em 2016, devem se unir mais uma vez.

E é esse grupo que saiu derrotado mais uma vez, que deve ouvir bem o recado das urnas, elas falaram, cabe a cada um interpretar.

 

Faça o seu comentário

A política da porta fechada na cara do eleitor

Publicado em: 27/10/2014

O eleitorado de Poço Branco assistiu neste último Domingo, uma nova posição política para o dia da eleição: A da porta-fechada. Pois foi assim que o eleitor de boa parte da classe política da cidade encontrou, ao visitar (ou pelo menos tentar) a casa de alguns lideres locais.

Digo boa parte, mas faço referência aos políticos que apoiaram o candidato derrotado, Henrique Eduardo Alves.

Na rotina de um dia de eleição, o eleitor que segue seus lideres costuma visita-los antes ou depois de votar, afim de fortalecer a relação e reforçar o compromisso com o seu líder. Mas quem tentou encontrar o ex-prefeito Fernando Cândido e o empresário Waldemar de Góis, deve ter se sentido frustrado, ambos fecharam as casas e não deram as caras ao seu povo.

A casa fechada, talvez, fosse prevendo o resultado acapachetante da coligação por eles representada. É que pela primeira vez, um Alves perdeu em Poço Branco. Mas não foi uma derrota besta, foram quase 800 votos de maioria impostos pelo governador eleito Robinson Faria, apoiado pelo Prefeito Maurício Menezes.

A título de informação... o registro das casas foram feitos entra 13h e 14h, em pleno calor da eleição.

Faça o seu comentário

Percivaldo deixa Henrique e vai com Maurício e Robinson

Publicado em: 25/10/2014

 

Você não está vendo uma foto de 2012...

O registro é da última quinta-feira, quando o Prefeito Maurício Menezes realizou a sua tradicional bicicletada, dessa vez em prol do seu candidato Robinson Faria.

Maurício já estava pronto para defender Robinson somente com a companhia dos vereadores que ficaram ao seu lado nesta eleição. Pois, apesar de unidos no municipio, o prefeito e o vice ficaram em palanques separados no primeiro turno.

Todo mundo sabia que Percivaldo votou e pediu votos para Henrique, pois o presidente do seu partido, o deputado João Maia, é o vice do candidato do acordão.

E como o blog já havia falado, essa eleição estadual é a prévia da próxima eleição municipal. E para não continuar ao lado de quem vai trabalhar contra seu projeto político daqui há dois anos, Percivaldo inteligentemente, mudou no segundo turno.

Agora ele é 55.

E a partir desta segunda-feira, todo mundo só vai falar em 2016.

Faça o seu comentário

Tina, Kleber e Edinho estão cotados para a Câmara

Publicado em: 18/10/2014


Uma coisa já é tida como certa. Caso aconteça uma nova eleição para presidente da Câmara de Vereadores, o nome da presidente eleita na eleição antecipada, Fernanda Cândido (PROS), não será mais consenso entre os seus colegas.

Pelo menos três, dos cinco vereadores que garantiram maioria absoluta para Fernanda, não devem repetir o voto na filha do ex-prefeito Fernando Cândido.

Os nomes nas bolsas de apostas são da vereadora Tina (PR), do atual presidente Kleber (PSD) e do eterno candidato, Edi Carlos (PROS).

Faça o seu comentário

Open Master - Criação de Sites e Blogs

BOMBA: Eleição da Câmara de Vereadores pode desmoronar

Publicado em: 13/10/2014



Parece que estavam só esperando a eleição estadual passar para soltar na rua o que todo mundo ficou sabendo: A antecipação da última eleição para presidente e demais cargos da mesa diretora da Câmara, ficou sob suspeita.

Pelo menos é o que vem sendo defendido, por quem analisou o regimento interno da Câmara de Vereadores. E, segundo consta, neste documento não há lei que autorize a eleição em um único turno e antecipada, como ocorreu. Portanto, estaria a eleição da última mesa diretora, sem respaldo legal.

Em contato com o blog, o mentor político da família Cândido, o empresário Hallyson Fernandes (Preto Cândido), disse que a eleição que tornou a vereadora Fernanda Cândido presidente da Câmara para o segundo biênio, foi uma decisão da maioria dos vereadores.

Blog - Preto, o que há de verdade nessa história da eleição da Câmara?

Preto - A verdade é que a maioria dos vereadores decidiram que Fernanda seria a presidente da Câmara.

Blog - Mas isso que estão comentando, que a eleição não teria legalidade…

Preto - Há muita maldade sendo espalhada.


Resta saber, se alguém vai pedir a anulação da eleição. E sendo esse o caso, se o Juíz vai querer anular.

Com a eleição cancelada, aí sim, são outras questões que entram em jogo… O quadro zera e qualquer um dos vereadores pode se tornar o novo Presidente, inclusive, o próprio Edi Carlos (PROS) que havia aberto mão do seu sonho em detrimento da viabilização de Fernanda.

Faça o seu comentário

Open Master - Criação de Sites e Blogs

Rodrigo Lucas pode emplacar como assessor de Rafael Motta

Publicado em: 08/10/2014

Na cidade não se fala em outra coisa, se não na ida de Rodrigo Lucas para Brasília, para se tornar assessor parlamentar do mais novo deputado federal, Rafael Motta.

Com a ida de Rodrigo, quem assumiria na câmara de vereadores é a sua suplente, Nilse Cavalcante, que também apoiou Rafael na última eleição. Ou seja, tudo em casa. 

Essa informação ainda está no campo da especulação, já que o vereador não se pronunciou oficialmente sobre isso. Mas o que não deixa de fazer muito sentido, já que a remuneração de um assessor parlamentar em Brasília, é bem maior que o salário de um vereador em Poço Branco.

 Depois de saber essa informação, que pode ser confirmada ou não, o blog ficou imaginando quanto custa um emprego de assessor em Brasília. 

O calculo é simples:

* Rafael Motta obteve pouco mais de 1.200 votos em Poço Branco.

* Na cidade, o deputado federal recebeu além do apoio de Rodrigo, a ajuda de outras 5 lideranças políticas.

* Dividindo, os 1.200 votos pelos 6 apoios locais, temos cerca de 200 votos por apoio na cidade.

Resultado: o mais novo emprego de assessor parlamentar federal, custaria algo em torno de 200 votos locais.

Até que saiu barato, viu?

Já que na última eleição municipal, a própria Nilse não alcançou uma vaga na câmara, mesmo apresentando uma votação superior aos 200 votos que empregariam Rodrigo em Brasília. 

A título de informação, segundo o portal da Câmara dos Deputados, o salário do servidor no congresso varia entre R$ 10.249,58 e R$ 21.584,05.

Atualmente, o salário de um vereador em Poço Branco fica em torno de 4 mil reais.

 

Desde já, boa viagem, vereador!

Faça o seu comentário

Open Master - Criação de Sites e Blogs

Segundo turno será reedição de 2012 e previa de 2016

Publicado em: 06/10/2014


Agora a eleição ganha outro formato, em 20 dias a cidade vai escolher entre duas opções para governar o estado e terá muita coisa em jogo para a sobrevida de cada grupo político do município.

O Prefeito Mauricio e os três vereadores do PSD, vão lutar para Poço Branco ter, pela primeira vez, um Governador do mesmo partido do prefeito da cidade e, dessa forma, alcançar mais benefícios para o município. Com a eleição de Robinson Faria.

O grupo de Waldemar vai lutar para manter os cargos no governo do estado, inclusive a gerência da regional de saúde, ocupada hoje pelo irmão do ex-candidato, João Horácio de Góis. Com a eleição de Henrique Alves.

O grupo do PROS, provavelmente ficará rachado para a eleição estadual. Uma parte fazendo um segundo palanque para Henrique em Poço Branco, com o único intuito de enfraquecer o Prefeito e outra parte aderindo ao projeto de Robinson Faria, reconhecendo a dificuldade para a eleição do candidato do acordão.

No final das contas, para as urnas, só vai existir a reedição da disputa: Maurício vs Waldemar, dessa vez protagonizada por Robinson Faria e Henrique Alves.

Faça o seu comentário

Os recados das urnas de Poço Branco

Publicado em: 06/10/2014


Há tempo venho afirmando que a eleição de 2016 passaria primeiro pelo pleito de 2014.
É um fato que todo político na cidade sabia. Alguns foram mais discretos quanto a essa realidade, outros chegaram a deixar isso muito claro para o eleitor.
Mas, o primeiro passo já foi dado e a urna de 5 de Outubro deu vários recados a nossa classe política.

O primeiro deles é que o ex-candidato Waldemar, sozinho, não tem metade dos votos que ele pensa que tem ou que acha conseguir transferir. Mas, ainda assim, é a segunda força da cidade.

Outra revelação das urnas, é que a divisão dos grupos políticos em três blocos, fortaleceu ainda mais o Prefeito Mauricio Menezes. Foi o vitorioso da eleição, fazendo seu federal e estadual os mais votados, com um grupo bem menor do que o da última eleição municipal.

E, não menos importante, também explicito no resultado deste Domingo atípico, é que a terceira força de Poço Branco, amplamente divulgada por possuir o maior partido da cidade, o PROS, nem é tão forte assim.

Prova disso, é que sozinho e sem a contribuição de nenhum outro líder político, o ex-prefeito João Cruz deu ao seu candidato Sávio, quase a metade do que teve o candidato Rafael Motta (PROS), que foi apoiado por três ex-prefeitos e três vereadores da cidade.

Esse recado das urnas pode ser visto na eleição dos deputados federais, onde cada grupo teve o seu candidato:

Faça o seu comentário

SINAPRO

Justiça condena Roberto Lucas a devolver mais de 300 mil reais

Publicado em: 24/09/2014

 

Olha ele aí de novo, o pai do vereador Rodrigo Lucas (PROS) nas páginas políticas do nosso estado.


Dessa vez, o ex-prefeito de Poço Branco foi condenado por gastar uma besterinha com combustível.

Um quantidade de gasolina que daria para Roberto dá a volta no país interinho, de ponta a ponta.


É que o Conselheiro Gilberto Jales relatou um processo que condenou Roberto ao ressarcimento de R$ 366.742,02, relativos às despesas com combustíveis sem especificação de sua destinação. É mole?


Imagine só, com esse dinheiro, o quanto poderia ter sido feito em Poço Branco. Quantas ambulâncias poderiam ter sido compradas em beneficio do povo?

Daria para Roberto, junto com o presidente do seu partido, o vereador Edi Carlos, colocar internet em Poço Branco inteiro... E ainda levar para os principais distritos da cidade.


Mas, infelizmente, foi tudo gasto com combustível, sem especificar a sua destinação. E você sabe quem paga o preço por isso...


A prestação de contas é referente ao ano de 2006 e foi julgada na Primeira Câmara de Contas. Ainda cabe recurso da decisão.

(Na foto, Roberto e seu grupo político abraçando Henrique Alves, o candidato ao governo que foi delatado no desvio milionário da Petrobrás. Porque você sabe, combustível e Petrobrás tem tudo a ver).

 

Faça o seu comentário

SINAPRO

Lista de aprovados em processo seletivo da Prefeitura

Publicado em: 21/09/2014

A Prefeitura de Poço Branco realizou um processo seletivo para prencher as lacunas remanecentes das últimas alterações no quadro municipal, afim de continuar prestando serviços a população.

Os aprovados no processo, em cada seguimento, foram:

 

A lista de classificação completa, bem como a pontuação atingida por cada candidatado, os interessados podem consultar no mural fixado no Centro Administrativo Municipal.

Faça o seu comentário

Open Master - Criação de Sites e Blogs